WinLink

WinLink — Laminação direta de barras

Como reduzir o custo total do produto final? Soluções de alta tecnologia são combinadas em uma única instalação compacta. Uma planta de pequeno tamanho pode se tornar competitiva em comparação com as mini-mills tradicionais.

Voltado para mercados em que o custo do produto é o principal fator, o processo WinLink reduz a necessidade de investimento de capital e as despesas operacionais. Obtém-se uma redução no custo total do produto final através de soluções tecnológicas de alto nível em uma instalação compacta. Esta micro-planta inteligente tornou-se mais competitiva do que as mini-mills tradicionais. O processo WinLink é uma tecnologia inovadora para a produção sem fim ou parcialmente sem fim de produtos longos a partir de aço líquido, sem interrupção. Uma máquina de lingotamento contínuo de alta velocidade é diretamente conectada a um laminador de alta disponibilidade operacional, sendo o forno de aquecimento de tarugos substituído por uma avançada unidade de aquecimento por indução, resultando em uma linha de produção compacta e de alta eficiência energética. O processo WinLink reduz os investimentos e os custos de transformação, propiciando significativa economia de energia, alto rendimento, menor necessidade de espaço e emissões reduzidas de dióxido de carbono. Trata-se de uma excelente solução para substituir as linhas existentes ou para entrar em novos segmentos de mercado.

 

Laminação direta WinLink

O sistema WinLink permite a laminação direta contínua ou semi-contínua de produtos longos a partir do aço líquido, sem interrupção. Uma máquina de lingotamento contínuo (caster) de alta velocidade é diretamente ligada a um laminador com alta taxa de disponibilidade operacional, sendo o forno convencional de reaquecimento de tarugo substituído por uma avançada unidade de aquecimento por indução. Uma pequena mini-mill com o sistema WinLink oferece menores custos de transformação, significativa economia de energia, alto rendimento metálico, menor necessidade de espaço e baixa emissão de dióxido de carbono, podendo ser tão competitiva quanto uma mini-mill tradicional.
 

Vantagens do sistema WinLink em relação a uma mini-mill convencional:

  • Menor necessidade de espaço físico e redução no volume de obras civis
  • Menos equipamentos e menor necessidade de infraestrutura. 
  • Menor consumo de energia, fluidos e consumíveis
  • Maior produtividade e menor taxa de sucateamento
  • Menor formação de carepa, ausência de barra curta ou desponte
  • Menores estoques e capital de giro
  • Menos pessoal operacional
  • Produtos laminados acabados produzidos a partir de sucata em menos de 2 horas.
  • Economia de energia
  • Menores emissões de dióxido de carbono e menor consumo de água
  • Menor impacto visual da planta, com edificações menores e menor uso de terreno
     

Figura 1 - Laminação WinLink

Referência: O estado da arte em mini-mills para aços longos

Cliente
GPH Ispat, Chittagong, Bangladesh

Tipo de planta
Uma nova mini-mill com forno elétrico a arco Quantum e tecnologia de laminação contínua WinLink.

Dados técnicos
640.000 toneladas por ano de barras e perfis

Nossa solução
O sistema WinLink liga diretamente o caster de alta velocidade à linha de laminação, substituindo o forno de reaquecimento convencional por um forno de indução.

O resultado
A produção ocorre em uma sequência praticamente ininterrupta de lingotamento contínuo e laminação, partindo da sucata de aço e chegando às barras acabadas em um curto espaço de tempo em com baixos custos de conversão.