Notícias

Notícias & Imprensa


Londres, July 01, 2020

Primetals Technologies e PSI Metals recebem pedido de Sistema MES (Manufacturing Execution System) para a aciaria da Gerdau Ouro Branco

  • Novo Sistema MES (Manufacturing Execution System) modernizará o gerenciamento de produção
  • Maior transparência de processo em função da ampla integração com os sistemas de Nível 1 e Nível 2 existentes
  • Solução baseada em produto oferece gerenciamento profissional

 

No final de fevereiro, a Primetals Technologies recebeu um pedido para a instalação de um sistema MES (Manufacturing Execution System) na usina integrada da Gerdau em Ouro Branco, Minas Gerais, Brasil. A nova solução substituirá um sistema existente, cujas possibilidades de modernização são limitadas depois de vários anos de operação. O projeto será executado pela Primetals Technologies em cooperação com a PSI Metals, combinando assim tecnologias que ocupam posição de liderança na indústria siderúrgica nas áreas de automação, metalurgia e software. O novo sistema MES para aciaria proporciona uma profunda integração com os sistemas de Nível 1 e Nível 2 da Primetals Technologies baseados em interfaces padrão. Esta solução utiliza um software padrão da PSI Metals, oferecendo atualizações e upgrades regulares, já sendo utilizado na laminação de chapas grossas e na laminação de tiras a quente na usina de Ouro Branco. Este projeto é um dos resultados do acordo de cooperação estratégica entre a Gerdau e a Primetals Technologies assinado durante a METEC 2019 e de um estudo do conceito da Indústria 4.0 realizado pela Primetals Technologies para a Gerdau em 2018.

 

Novo sistema MES moderniza o gerenciamento de produção

O sistema MES existente na aciaria da Gerdau em Ouro Branco não mais atende aos requisitos de alta qualidade de produto da siderúrgica brasileira. A limitação em termos de opções para upgrades é uma das principais razões para a busca de uma nova solução. A nova solução MES baseada na tecnologia da PSI Metals proporciona aos operadores uma visão holística da produção desde aciaria até as laminações de chapas grossas e de tiras a quente, visando melhorar a qualidade dos processos de produção. Em 2019, a Primetals Technologies concluiu a instalação de novos sistemas de Nível 1 e Nível 2 para a máquina de lingotamento contínuo de tarugos de 6 veios e do sistema de nível 2 para os dois altos fornos da Gerdau Ouro Branco.

 

Solução baseada em produto oferece gerenciamento profissional

A nova solução MES será criada mediante cooperação entre a Primetals Technologies e a PSI Metals, duas empresas que têm trabalhado em estreita colaboração em projetos de soluções de gerenciamento de produção para a indústria siderúrgica desde 2016. O sistema MES da PSI é baseado em um software padrão que oferece atualizações e upgrades regulares. A solução a ser instalada será configurada e customizada pela Primetals Technologies e Gerdau, dispondo, portanto, de know-how de automação, digitalização e metalúrgico. Ao adquirir das duas empresas este sistema MES harmonizado, a Gerdau reduzirá seus custos de integração, diminuindo os tempos de implementação e simplificando os processos de TI.

 

Cooperação estratégica e estudo do conceito da Indústria 4.0

A Gerdau e a Primetals Technologies assinaram um acordo de parceria estratégica durante a METEC 2019. O principal objetivo desta cooperação é o desenvolvimento e implementação de um roteiro para a digitalização. A modernização do sistema MES da aciaria é um dos resultados desta cooperação. Além disso, no final de 2018, a Primetals Technologies realizou um estudo do conceito da Indústria 4.0 que consistiu na avaliação de uma rota de processo integrado desde o alto forno até o lingotamento contínuo, bem como uma avaliação da rota de produção em forno elétrico a arco desde o manuseio da sucata até a laminação de aços longos. Os resultados deste estudo constituem agora a base para a tomada de decisão sobre ações visando transformar a produção da Gerdau em Ouro Branco em uma planta siderúrgica inteligente.

 

Com 119 anos de história, a Gerdau é o maior produtor brasileiro de aço, ocupando posição de liderança também na produção de aços longos nas Américas e um dos maiores fornecedores mundiais de aços especiais. No Brasil, ela produz também minério de ferro para seu próprio consumo e aços planos. Visando capacitar as pessoas que constroem o futuro, a empresa está presente em 10 países, contando com mais de 30.000 colaboradores diretos e indiretos em todas as suas operações. Maior empresa de reciclagem de sucata ferrosa na América Latina, a Gerdau utiliza a sucata como importante matéria prima: 73% do aço que ela produz é feito a partir da sucata. A cada ano, a Gerdau transforma 13 milhões de toneladas de sucata em vários produtos siderúrgicos. As ações da Gerdau são negociadas nas bolsas de valores de São Paulo (B3), Nova Iorque (NYSE) e Madrid (Latibex).

O novo Sistema MES da Primetals Technologies e PSI Metals para a usina da Gerdau em Ouro Branco proporcionará uma profunda integração com os sistemas de Nível 1 e Nível 2 existentes, além de permitir atualizações de upgrades regulares. Crédito da foto: © iStock.com/vm

 

A Primetals Technologies, Limited com sede em Londres, Reino Unido, é pioneira e líder mundial nas áreas de engenharia, construção de plantas e prestação de serviços do ciclo de vida para a indústria de mateis. A empresa oferece um portfólio completo de tecnologia, produtos e serviços que inclui soluções elétricas integradas, automação, digitalização e soluções ambientais. Isso abrange todas as etapas da cadeia de produção de ferro gusa e aço - desde as matérias-primas até o produto acabado - e inclui as mais recentes soluções de laminação para o setor de Metais Não-Ferrosos. A Primetals Technologies é uma joint venture da Mitsubishi Heavy Industries e parceiros, com cerca de 7.000 funcionários em todo o mundo. Para mais informações sobre a Primetals Technologies, visite nossa página na Internet www.primetals.com.